Seguir as publicações por email

Deus

Tu És a Luz e o Som
na quietude do meu Coração.

Aquietai-vos e sabei que Eu Sou Deus. (salmo 46:10)

depuração

precisamos aprender com as árvores, e ao sopro outonal despir as folhas e os ramos envelhecidos.

nesse ponto de germinação somos como a criança, somos a flor em botão.

o mundo é então percebido com um olhar e um sorriso que antes não cabiam no rosto, 
um mundo tocado com a alma e sentido com o coração.

unidade

há uma só melodia no fundo do Coração
e cada um de nós é uma nota musical dessa Canção.

essência

no Coração habita a Essência que não cabe em palavras. 

acredito que cada Ser é, em Essência, uma célula viva num corpo imensurável, 
uma chama de luz num céu infinito; 
pois o corpo vive da unicidade de cada célula, 
assim como o céu brilha na singularidade de cada estrela. 

é assim que acredito que individualidade e dualidade se desfragmentam, nas bermudas do Divino, 
dando lugar ao Um. 

caminho

ao colocarmos o Coração em tudo o que fazemos ou dizemos, experienciamos a felicidade e o amor em movimento; ao darmos e servirmos desinteressadamente, despertamos a chama da Conexão no nosso Coração e no dos outros.

a felicidade é uma constante no Caminho do Coração.

mãe divina

a nossa postura diante da Natureza não deve ser apenas de admiração, 
mas de profundo respeito e gratidão pela Mãe Divina. 

prece

o amor é a Canção que despertou o meu Coração 
percebi que é a canção de todos nós 
o meu desejo é cantá-la a todos aqueles que a esqueceram 

não tenho a pretensão de que vejam a Luz em mim 
o meu desejo é o de que possam perceber a Luz em si mesmos